Páginas

quinta-feira, 3 de setembro de 2020

Telespectador rejeita "Tricotando"


Olá, internautas

Neste espaço, já comentamos sobre o “Revista da Manhã” que registra frequentemente 0,1 ponto nos índices de audiência da TV Gazeta. Agora, analisaremos outra atração que amarga, também com certa frequência, 0,1 e 0,2 no IBOPE.

É o “Tricotando”. Diferente da atração da emissora da Fundação Cásper Líbero, o programa comandado por Ligia Mendes e Franklin David na RedeTV! sucede “Edu Guedes e Você” que normalmente chega ao 1 ponto. Não antecede, portanto, horário locado de igreja evangélica ou televendas.

“Tricotando” derruba a audiência do canal. Fica abaixo corriqueiramente até do “Você na TV”, de João Kleber, que dá o pontapé na programação matinal. Alguns motivos podem ser levantados.
O excesso de fofocas na programação é a principal causa. “A Tarde É Sua” já aborda o universo artístico durante duas horas diárias. Sonia Abrão é ícone dessa cobertura. O público da emissora prefere acompanhar tal noticiário com a veterana jornalista ao invés de Ligia. Mais tarde, há o “TV Fama” que há 20 anos encontra-se na grade do canal. Mais de uma hora no ar com as mesmas fofocas. “Tricotando“ sobra.

O segundo motivo recai na dupla entre Ligia e Franklin David. O apresentador aparece travado no vídeo. Nesta quinta (03/09), por exemplo, a apresentadora comentou a definição de pansexual definido pelo ator Reynaldo Gianecchini. Depois analisou o rótulo de bissexualidade. Acredita que uma mulher que namora um bissexual sempre será trocada por um “boy”. Indagou o colega. Levantou para comentários.

Franklin David apenas resvalou o assunto e disse frases genéricas ao estilo “é importante ser feliz”. Passa a imagem de ficar incomodado ao falar de sexualidade. Poderia usar a sua própria experiência pessoal para se aproximar do telespectador. Porém, cria uma barreira e isso é perceptível no comando da atração.

O terceiro motivo da baixíssima audiência recai em Marcia Fernandes. A sensitiva poderia ser muito melhor aproveitada. Seria um conteúdo diferente dos correlatos da emissora. Nesta quinta, por exemplo, apareceu por cerca de dois minutos encaixotada por intervalos comerciais. Enquanto isso, a nora do presidente da emissora, Julia Pereira, esposa do herdeiro Amilcare Dallevo Neto, ficou no ar durante 20 minutos para a promoção de seu canal no YouTube. E muito “paparicada” tanto por Ligia quanto por Franklin.  

“Tricotando” enfrenta enormes desafios.

Fabio Maksymczuk

17 comentários:

  1. Já vi este programa. Não deu para ver até o fim. A apresentadora tem uma boca cheia de dentes que rouba a cena, para não falar que gesticula demais. O assunto se perde. O rapaz com aquele cabelo nada a ver, fora de moda, muito artificial cansa. Parece que ambos se esforçam demais para agradar, fica pesado, longo, artificial.Não é atoa que a moça foi despedida por Sílvio Santos e ele gosta de gente que sorri o tempo todo. Mas não no exagero cansativo. Pelo visto não é só as mim que cansam.
    Fábio, o Blogspot não renovou o acordo de compartilhamento com o Google. Divulgar o blog ficou impossível. Caiu muito as visitas diárias. Como está aqui para você?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Passa falsidade gente que sorri demais o tempo todo...essa moça parece um cosplay da cicarelli kkk...sobre ser bi ou gay ja está na hora de tratarem o assunto com naturalidade pra romper preconceitos..conheço bissexuais casados alguns traem com o mesmo sexo como os heteros também ...e aliás bi tem mais que gay acho

      Excluir
  2. Oi Fabio, tudo bem? Acho que o problema do Tricotando é o excesso de programa de fofocas, mesmo. E as pautas são sempre as mesmas, em todos os programas, seja da RedeTV ou de outras emissoras. Tudo notícia tirada da internet. Esses programas parecem que não têm equipe, não apuram, não investem em conteúdo exclusivo. Assim, requentando notícias, não vão longe não. E discordo que Franklin deva falar de suas experiências. Cada um expõe o que acha que deve. Se ele não se sente confortável em falar sobre si, deve ser respeitado. Abraço! www.tele-visao.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também acho que o Tricotando está beirando o traço de audiência e mais do que isso: o Tricotando só fica repetindo às fofocas por 10 mil vezes

      Excluir
    2. Wagner, o programa é um dos fracassos da RedeTV!

      Excluir
    3. E realmente o Tricotando
      Se tornou um fracasso na RedeTV

      Excluir
  3. Nunca fez sentido a criação desse programa. Dizem que a RedeTv! criou o genérico pra lucrar já que o A Tarde É Sua apesar de repleto de anunciantes não gera lucro pra empresa devido a parceria com a Câmera5 Dos irmãos Abrão.

    ResponderExcluir
  4. E como sempre o "Tricotando" ainda está enfrentando esses desafios na RedeTV

    ResponderExcluir
  5. Concordo plenamente em relação ao Franklin. Todo mundo sabe que ele é gay e, de uns anos pra cá, ele se engessou para se adequar/encaixar no dito "padrão". Perde ele e perdemos nós.
    O público gosta de gente de verdade, que se aproxima. Ele é distante e nem é um bom comunicador.
    A Lígia sempre foi um poço de exagero, era assim no Ídolos do SBT. Parece que ninguém avisa para ela encontrar um meio termo.
    Em suma, um é 8, a outra 80. Já podem extinguir essa bomba, passou da hora.

    ResponderExcluir
  6. Oi Fábio
    É provável que com a chegada da Claudete e do Lacombe na RedeTV. Acabem com o Tricotando.
    Mas espero que aproveitem a Márcia Sensitiva ela é uma boa profissional .

    ResponderExcluir