Páginas

domingo, 8 de julho de 2018

Netinho encara desafio na Band



Olá, internautas

A grade dominical da Rede Bandeirantes enfrenta um momento turbulento. “Agora é Com Datena” e “Show do Esporte” surgiram como promessas e enfrentaram desgaste nos índices de audiência logo nas primeiras edições. Por isso mesmo, o programa de Milton Neves resgatou o formato do extinto Terceiro Tempo que jamais deveria ter saído do ar.

Agora, Datena resolveu disputar o pleito eleitoral e deverá sair candidato a uma vaga de senador por São Paulo. O jornalista já tinha negado veementemente tal possibilidade. Notícias veiculadas pela imprensa afirmam que o apresentador, nestes últimos dias, tinha desistido de tal candidatura. Voltou atrás novamente e parece que encarará as urnas eletrônicas em outubro.

Datena ganhou um programa de entretenimento sem estrutura. Resultado: baixos índices de audiência. Já comentamos sobre tal fato neste espaço. Com o afastamento do comunicador, a Band teve que resgatar Netinho de Paula que estava fora da TV há alguns anos.

O “mano da Cohab” sempre foi um bom apresentador. Desde os tempos do “Domingo Legal” quando era um dos trunfos de Gugu Liberato na guerra dominical, Netinho passava empatia no vídeo. Depois ganhou o seu programa solo na Record. O quadro Dia de Princesa tornou-se um dos marcos de sua carreira.

Porém, escândalos na vida pessoal abalaram sua imagem. E isso ainda impulsiona a rejeição que muitos telespectadores nutrem pelo apresentador. Netinho ganhou mais uma oportunidade para reverter o quadro.

O apresentador assumiu às pressas o “Brasil da gente”. Ele herdou a estrutura arcaica de Datena. Netinho comanda, por duas horas e meia, um show de calouros. O dominical peca pela falta de variedade de atrações. É muito tempo para um surrado quadro da TV brasileira. Há eliminatórias que selecionam os três melhores para a final. Quatro jurados e mais o público votam nos desafiantes que disputam o prêmio de 10 mil reais. O apresentador precisa imprimir sua marca na Band.

A emissora acerta ao dividir a faixa, antes dominada por Datena, entre Netinho e Joel Datena com o seu “Agora É Domingo” que trilha o caminho do jornalismo.

Netinho terá que suar para firmar o seu terreno na guerra dominical.

Fabio Maksymczuk

2 comentários: